sábado, 27 de agosto de 2011

poesia do contentamento

Quero lançar minhas palavras mais bonitas à dona dos cachos mais bonitos;
       ao vento não.
Quero uma penca de romances bem marcantes, bem reais, bem excitantes;
       convento não.
Quero todos meus desejos realizados, sentimentos declarados ou do contrário:
       contento-me não.

2 comentários:

  1. E se eu te disser que você lançou as palavras mais bonitas? Você escreve mais? Escreve, é lindo!

    ResponderExcluir